Atualidade,  Informação

(Super)tubos “reservados”

De prancha debaixo do braço procuram as ondas perfeitas e estudam as melhores manobras. O outono traz ao nosso país uma série de importantes competições ao nível do surf que consagram os melhores surfistas da atualidade. Outubro é sinónimo de Moche Rip Curl Pro Portugal.

O início da penúltima etapa do Circuito Mundial de Surf estava marcado para esta terça-feira, dia 20, na praia de Supertubos, em Peniche, mas as condições do mar, nomeadamente a falta de ondas, obrigaram ao adiamento do mesmo para os próximos dias. Embora as condições ainda não se tenham alterado, há uma previsão para uma possível melhoria na sexta-feira, com mais e melhores ondas.

Mick Fanning, que foi primeiro lugar nesta etapa o ano passado, é o único que pode sagrar-se campeão já nos próximos dias no Moche Rip Curl Pro Portugal, sem esquecer o adversário número dois do ranking mundial, Adriano de Souza, que luta pelo seu primeiro título mundial.

A grande ausência até agora é Kelly Slater. O 11 vezes campeão do mundo faltou à conferência de imprensa de apresentação da etapa e, até agora, é desconhecida a sua participação ou não nos Supertubos.

No entanto, entre os restantes nomes do circuito mundial como Owen Wright e Gabriel Medina, encontramos os jovens portugueses Vasco Ribeiro, atual campeão mundial de juniores e a participar nesta competição pela primeira vez, e Frederico Morais. Ambos receberam um wild-card (convite) e “remam” assim lado a lado com as estrelas maiores da modalidade.

Mas não só de sangue novo se faz um circuito: Tiago Pires, surfista que abandonou o WCT (circuito mundial) no ano passado após sete anos de competição, recebeu um convite por parte da World Surf League para participar na etapa portuguesa. Um gesto que “Saca” agradeceu através do Facebook: “Obrigado World Surf League pelo convite e reconhecimento. Vamos todos para Peniche mais um ano!”

A cidade recebe este evento, que rende nove milhões de euros à economia local, pelo sexto ano consecutivo. Até dia 31 de outubro a elite toma conta dos tubos portugueses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *