• Artes Visuais e Performativas,  Secções

    A construção do espetáculo representado em espetáculo

    Linhas, máscaras e corpos: foram três os elementos a construir «Intermitências», uma peça integrada em Cumplicidades – Festival Internacional de Dança Contemporânea de Lisboa -, que se realizou no Teatro da Trindade nos dias 12 e 13 de março. Da autoria do coreógrafo brasileiro Joclécio Azevedo, «Intermitências» é um espetáculo que se baseia no modo como é feito o próprio espetáculo; para isso, utilizam-se os corpos dos cinco intérpretes – André Mendes, Bruno Senune, Camila Neves, Joan Castro e Joclécio Azevedo. A Sala Eça de Queiroz veste-se de negro; o palco está descoberto, sendo possível ver um emaranhado de linhas e uma ventoinha, que faz chegar o seu som através…