• Atualidade

    Portugal reforça relação com a União Europeia no combate à criminalidade

    O Governo português enviou uma proposta de lei à Assembleia da República para a criação de uma base de dados partilhada com as autoridades europeias. A medida foi imposta pela União Europeia e deveria estar em vigor desde 2011. A exigência é já antiga: a partilha das impressões digitais de arguidos é parte integrante do Acordo de Prum, assinado pelos Estados-membros da UE em 2008. Mas as bases para este acordo surgiram em 2005, entre a Bélgica, a Alemanha, Espanha, França, o Luxemburgo, Países Baixos e a Áustria. O objetivo é aprofundar a cooperação policial transfronteiras, nos domínios da luta contra o terrorismo, a criminalidade organizada e a imigração ilegal.…