• Opinião

    Engolir em seco

    Como jovem adulto sinto-me pressionado pelos meus contemporâneos para votar no Bloco de Esquerda. Não é acaso este tratar-se do partido com a base de apoio mais verde – as novas gerações são cada vez menos conservadoras, fruto óbvio da globalização e da literacia tecnológica. Como filho dos 90, eu não nego que as ideologias do BE me atraem, tanto em termos sociais, como até económicos. Tenho, portanto, todas as condições reunidas à cabeça para ser um bloquista. Não obstante, o meu voto não vai ser nos Mortáguas & Co. Há entre nós uma incompatibilidade fraturante de personalidades – o Bloco é estático, incapaz de qualquer cedência. O consenso com…