• Artes Visuais e Performativas,  Secções

    Erasure: flash, apagar, desaparecer

    Uma cadeira, um balão, dois tecidos, dois corpos. Na escuridão da Sala Estúdio do Teatro Dona Maria II são-nos expostos objetos e pessoas numa quase levitação aquando do seu registo fotográfico. O flash é nítido mas cega; as palavras são escassas. “O levitar terá pernas para andar? (Ou terá asas?)” Silêncio; luz Da autoria de Pedro Manuel e com a participação do mesmo e de Inês Jacques, Erasure apresenta-se como um projeto fotográfico integrado no Lugar do Olhar – um ciclo que reúne 3 peças que apresentam a imagem em movimento – e esteve em cena durante dois dias: 14 e 15 de Novembro de 2015. (Fotografia: Teatro Nacional Dona…