• Literatura

    Inês de Castro

    Desde pequenos que todos ouvimos a famosa história de Pedro e Inês. Quem não sabe contar, em traços gerais, que os dois se apaixonaram apesar de D. Pedro ser casado, que o rei não concordava e por isso mandou matar Inês, que D. Pedro perseguiu os assassinos da sua amada e os matou impiedosamente numa vingança atroz, que Inês de Castro “depois de morta foi rainha” –(Luís de Camões, «Lusíadas»), que a mancha de sangue de Inês ficou, segundo a lenda, para sempre marcada na Fonte dos Amores em Coimbra? A verdade é que a história é composta por muitos outros pormenores e peripécias, que Faustino da Fonseca nos conta…