• Atualidade

    IPO e SICAD ouvidos no grupo de trabalho sobre cannabis

    O Bloco de Esquerda quer que o diretor do Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD), João Goulão, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, e o presidente do conselho de administração do Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto, José Laranja Pontes, sejam ouvidos no grupo parlamentar de trabalho criado para discutir a utilização da cannabis para fins medicinais. Foram também chamados os responsáveis do Infarmed, da Ordem dos Médicos e da Ordem dos Farmacêuticos, e ainda de outras associações, como, por exemplo, o Grupo de Ativistas em Tratamentos (GAT) e a Associação de Estudos sobre a Cannabis. Devem ainda pronunciar-se o farmacêutico e primeiro presidente do…