• 7ª Arte

    Shut In – Reféns do Medo

    A sala estava cheia e as expectativas estavam elevadas q. b. Acontece que a desilusão falou mais alto. O trailer prometia um thriller intenso e de arrepiar; contudo, o filme em si é simples, previsível e, no geral, fraco. Nem tudo foi mau… Mas havia espaço para melhorar. A lista de interpretes é fantástica e a prestação de cada um deles é competente… Mas há pouco a fazer quando o guião não é aquilo que devia ser. Ainda assim, é importante destacar Naomi Harris – a sua entrega e expressividade são impressionantes e torna-se difícil desgostar dela enquanto atriz. Oliver Platt passa despercebido entre chamadas de Skype, mas não tenho…