• Opinião,  Secções

    Quem corre por gosto não cansa

    Luta a dois na Península Ibérica, campeão inédito em Inglaterra, domínio em França, Itália e na Alemanha, um europeu cheio de baixas; uma copa América sem Jonas e uma final europeia que há três anos era inédita e agora já é repetida. É assim o final da época de futebol 2015/2016. O meu nome é Pedro Mateus. Obrigado e até uma próxima. Parece simples mas há aqui muita coisa a acontecer. Comecemos pelo mais fácil – o domínio do PSG, da Juve e do Bayern. A liga francesa sempre foi das mais competitivas, mas quatro campeões diferentes depois chegou a vez do domínio do Paris Saint-Germain. O dinheiro injetado serviu…