• 7ª Arte,  Secções

    A Vida é Bela (1997): fugir à realidade, usando o humor

    No ano de 1997 surgia nas salas de cinema o filme A Vida é Bela, realizado e protagonizado por Roberto Benigni. Esta obra-prima do cinema italiano arrecadou nada mais nada menos que três óscares da academia, tendo ganho na categoria de melhor filme estrangeiro, melhor ator principal e ainda de melhor banda sonora, e conquistou ainda o Grand Prix do festival de Cannes. Parcialmente baseado na história de vida do pai de Roberto Benigni (que esteve num campo de concentração), este filme transporta-nos para a Itália fascista em duas fases distintas: em 1939 e em 1944. Na primeira fase (passada em 1939) conhecemos Guido Orifice (protagonizado por Roberto Benigni), um…