• 7ª Arte

    Serena: uma sentença subestimada?

    Novembro chegou e é-nos, finalmente, dada a possibilidade de perceber qual a razão que fez adiar um filme tão promissor como Serena. Rejeitado pelas distribuidoras, o filme que junta, pela terceira vez na grande tela, Jennifer Lawrence e Bradley Cooper ficou em stand-by numa gaveta durante dois anos. Baseado no romance do poeta americano Ron Rash, o filme é dirigido por Susanne Bier, a dinamarquesa vencedora do Óscar de melhor filme em língua estrangeira com a película Num mundo melhor. Cooper interpreta George Pemberton, um jovem empresário, director de uma empresa madeireira no limiar da precariedade, com uma veia romântica irresponsável. Num momento de fraqueza Pemberton apaixona-se por Serena (Lawrence),…