• Opinião

    Urbi et obras: Ser Feliz no Samouco

    Estão a aproximar-se as viagens de finalistas dos estudantes do secundário e, desta vez, decidi antecipar-me e falar já do assunto. Alguns finalistas, talvez possuídos pela origem da palavra finalista, não percebem que a viagem, supostamente, serve para celebrar o fim do secundário e não para os colocar à beira do próprio fim. O conceito de gastar um balúrdio para ficar durante uma semana numa aldeia em Espanha a beber com o intuito de apenas tornar memorável algo de que não haverá memória é uma coisa que me fascina. Eu consigo imaginar perfeitamente isso a acontecer com grande sucesso em Portugal. Quão espectacular não seria para um alemão, um holandês,…