43 anos depois, Cuba volta a ter um primeiro-ministro

Manuel Marrero foi ministro do turismo e torna-se agora primeiro-ministro, um cargo que já não existia desde 1976. 

Fonte: GRANMA/ DIÁRIO DE CUBA

A nova Constituição, aprovada em abril, trouxe a recuperação deste cargo, juntamente com o cargo de vice-primeiro-ministro. O nome de Manuel Marrero foi proposto pelo Presidente cubano, Miguel-Díaz Canel, e aprovado por unanimidade pelos deputados da Assembleia Nacional do Poder Popular (ANPP).

O novo vice-primeiro-ministro e a composição completa do Governo ainda não são conhecidos. Os nomes serão desvendados na sessão parlamentar.

Fidel Castro assegurou o cargo de primeiro-ministro até 1976, ano em que o cargo de primeiro-ministro foi eliminado e o Presidente foi nomeado.  Nos próximos cinco anos será o ex-ministro do turismo, um dos setores mais importantes para o país, a assumir o cargo.

Segundo o ex-diplomata cubano Carlos Alzugaray, o cargo recém-restaurado tem como objetivo “ter um governo mais coletivo e não ter o poder concentrado numa pessoa“.

Artigo revisto por Ana Rita Sebastião

Artigos recentes

Isto Não É Ficção

Se é isto um homem é o relato de um sobrevivente, Primo Levi, a uma das páginas mais negras da história recente: o Holocausto. O

Ler mais »

Um adeus a Luis Sepúlveda

Um mês depois da sua morte devido à covid-19, Luis é ainda relembrado – com uma história de vida incrível, certamente memorável para muitos. Escritor,

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *