A Moda Lisboa através dos olhos de uma voluntária

A Moda Lisboa é uma associação sem fins lucrativos que tem como missão promover e desenvolver a Indústria da Moda em Portugal. Ocorre todos os anos, normalmente nos meses de março e outubro, durante quatro dias (quinta-feira, sexta-feira, sábado e domingo). 

Uma parte importante da Moda Lisboa são os voluntários. E é a eles que dedico o meu artigo deste mês. 

Estudante de Publicidade e Marketing na Escola Superior de Comunicação Social, Petra Namora é voluntária na Moda Lisboa desde 2017. Foi da sua paixão pela moda, aliada a uma publicidade que viu enquanto lia a revista Vogue, que surgiu o interesse e a curiosidade sobre o voluntariado na Moda Lisboa. Conta-nos, então, que pesquisou mais sobre o tema e que lhe apareceu logo o site com as candidaturas para o cargo. Candidatou-se, foi a uma entrevista e foi aceite. 

Fonte: Petra Namora

Petra tem como função ficar junto das portas e salvaguardar que toda a gente tem bilhete, mas nem todos os voluntários fazem o mesmo. Há quem oriente as pessoas para os seus lugares (o chamado “sitting”), garantindo sempre que a primeira fila está livre para a imprensa, convidados e vips. Há quem garanta que tudo está a funcionar na zona de exposições. Há quem trate da logística e cuide dos voluntários, garantindo a sua alimentação, por exemplo. E, por fim, há quem faça parte do backstage normalmente pessoas que estudam moda. 

Para si, a Moda Lisboa representa uma oportunidade gigantesca, pois permite um “contacto mais real com a moda”, assim como o contacto com criadores e pessoas importantes nesta área. 

Sendo estudante na área da comunicação, Petra vê a Moda Lisboa como um local de aprendizagem, mencionando que, se algum dia quiser vir a trabalhar na área da moda, já terá algum conhecimento acerca do funcionamento de uma apresentação de uma coleção, por exemplo. Para além disso, enriquece o seu currículo. 

Insólitos também fazem parte deste evento. O cão de Eduarda Abbondanza, diretora da Moda Lisboa, já é considerado a mascote deste evento, pois, assim como a dona, parece ter uma paixão pela moda. E na edição deste ano decidiu invadir a sala de desfiles um pouco antes de os convidados começarem a entrar, o que, segundo conta Petra, foi engraçado, pois a determinada altura deu por si a correr atrás do cão pela passerelle

Todos os anos há espaço para novos voluntários, por isso, se és um apaixonado por moda, agarra esta oportunidade e candidata-te. 

Fonte: Petra Namora
Fonte: Petra Namora

Fonte da foto de capa: Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa

Revisto por Ana Roquete


Artigos recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *