Atualidade,  Informação

A nova Directora-Geral do Património Cultural: Paula Silva

Captura de ecrã 2016-01-5, às 01.57.34

O Ministério da Cultura anunciou hoje, segunda-feira, que Paula Araújo Pereira Silva é a sucessora de Nuno Vassalo e Silva – que deixou a posição em outubro, quando tomou posse como Secretário de Estado da Cultura – no cargo de directora-geral do Património Cultural, e inicia funções na próxima segunda-feira, dia 11.

Paula Silva é licenciada em Arquitetura pela Escola Superior de Belas Artes do Porto e mestre em Arqueologia pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho. Foi diretora regional do ex-Instituto Português do Património Arquitetónico (IPPAR), de 2006 a 2007, Diretora de Bens Culturais Da Direção Regional De Cultura Do Norte, de 2008 a 2009, e Diretora-Geral Da Cultura Do Norte, de 2009 a 2013. Foi ainda chefe da Divisão Municipal de Museus e Património Cultural da Câmara Municipal do Porto.

Segundo João Soares, atual Ministro da Cultura, “a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) é, em articulação com as Direções Regionais de Cultura, responsável pela gestão normativa do património cultural em Portugal”. À DGPC cabe também, entre muitas outras tarefas, o “estudo, investigação, proteção legal e divulgação do património cultural imóvel, móvel e imaterial”, a “gestão do património classificado arquitetónico e arqueológico, pela realização de obras de conservação nos monumentos classificados que lhe estão afetos, pela gestão dos Museus Nacionais e dos Monumentos Nacionais inscritos na lista do Património Mundial (UNESCO)”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *