Avião da Força Aérea faz voo de reconhecimento para prevenção de novos incêndios em época crítica

A aeronave C-295 tem a capacidade de localizar novas ocorrências de incêndios e identificar reacendimentos ao longo do país.

Após avisos de agravamento do risco de incêndios em Portugal, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, determinou, no dia 18 de Novembro,  a realização de um voo de reconhecimento e avaliação, com recurso a uma aeronave da Força Aérea, da área florestal ao longo do país. A monitorização, efetuada através da aeronave EADS C-295M, permite localizar novas ocorrências de incêndios e identificar possíveis reacendimentos.

O Ministério Público, num comunicado enviado à Lusa, relatou que “sempre que for detetado um foco de incêndio ou pontos quentes numa área ardida (…) é efetuado o registo de imagem (…) garantindo-se imediata análise da situação”. Num outro comunicado, a Proteção Civil alertou que “Estão reunidas condições favoráveis à propagação de incêndios rurais (…)  uma vez que o país atravessa um já longo período de seca”.

A Proteção Civil alerta ainda que não é não é permitida a realização de queimadas e desaconselha as fogueiras para recreio, lazer ou cozinhar, entre outras medidas de prevenção.  É importante também referir que o Governo, através do seu portal, optou por prolongar até ao dia 23 de novembro o período crítico de incêndios, de modo a evitar novas tragédias.

Esta não é a primeira vez que a aeronave EADS C-295M realiza missões de reconhecimento e avaliação do território nacional, remontando assim aos dias 28 e 29 do mês passado, no qual se previa também um período mais favorável para incêndios.

Artigos recentes

The (not so) Good Place

Estás à procura de uma série curta e divertida para fazer binge-watching durante a quarentena? The Good Place pode ser a melhor opção. Esta série

Ler mais »

SNS e o suicídio

Não saber que o Sistema Nacional de Saúde é lento é como não saber que data é 1143: é sinal de que não se é

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *