Atualidade,  Informação

BE diz que não havia candidatura presidencial abrangente à esquerda

Catarina Martins, porta-voz do Bloco de Esquerda (BE), afirmou este domingo, depois de aprovada por unanimidade, a candidatura presidencial de Marisa Matias – eurodeputada do Bloco -, no final da reunião da Mesa Nacional do BE, que essa decisão foi tomada porque “Aqui chegados, e analisado o quadro das candidaturas presidenciais apresentadas até agora, o que registamos é que não apareceu à esquerda nenhuma candidatura suficientemente abrangente ou mobilizadora que pusesse em causa uma eventual vitória à primeira volta da candidatura da direita”.

De qualquer modo, a porta-voz do Bloco ressalvou que “a decisão de avançar com uma candidatura de espaço próprio não tem nem a ver com os resultados das legislativas, nem é nenhuma crítica às candidaturas que existem no espaço da esquerda”.

“Agora, é o reconhecimento de que não está a existir a mobilização necessária para esta campanha. O BE pode dar esse reforço necessário de mobilização”, afirmou; tal como que, nas eleições presidenciais, “quanto mais mobilização existir, mais provável é a existência até de uma segunda volta”.

Catarina Martins elogiou ainda as experiências nacionais e internacionais da eurodeputada do BE e disse que não pôde esconder “uma enorme felicidade” quando comunicou que Marisa Matias “aceitou fazer esta campanha, este percurso, esta batalha”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *