Catarina Caseirito: da ideia à concretização da I Gala, “Caneta Dourada”

Catarina Caseirito, 4ªCatarina Diretora-Geral da ESCS MAGAZINE Fonte: Youtube – Vídeo “ESCS MAGAZINE 2016 2017” (https://www.youtube.com/watch?v=U-lZsB4DL_E)

A Catarina entrou em Jornalismo sem saber sequer o que era a ESCS, mas rapidamente se apaixonou por tudo o que a Escola tinha para oferecer. A sua paixão era a rádio. Contudo, ao longo da licenciatura, as unidades curriculares de que dispôs abriram-lhe bastante os horizontes. “Grande Reportagem” foi a cadeira que lhe mostrou que tinha capacidades para fazer televisão, que é onde está agora. Atualmente, a Catarina é repórter no SOS24, da TVI. A cadeira de Técnicas de Entrevista conferiu-lhe as bases necessárias para exercer as suas atuais funções, que passam por entrevistar pessoas que, por vezes, não contam a verdade toda. Hoje, com todos os ensinamentos, consegue distinguir o verdadeiro do falso.

Durante o seu tempo na ESCS, a Catarina esteve presente em vários núcleos. Na ESCSFM, passou pelo Lusco-Fusco e pelos Noticiários, mas confessa que o Repórter 360º foi o programa que mais a fez sentir realizada. Tinha ainda um programa de autor em conjunto com outros amigos, “A Taberna”, onde apresentavam notícias insólitas. Fez parte da redação do Panorâmica, no E2, e teve um papel fundamental na ESCS MAGAZINE.

Entrou para a secção da Atualidade da MAGAZINE num ano em que escasseavam redatores e, em pouco tempo, conseguiu recrutar cerca de 20 pessoas: “Queria muito que as pessoas vissem aquilo que eu via, que era uma revista que podia crescer.” Foi uma fase de motivação para a revista, em que cada redator escrevia três a quatro artigos por semana, e ela chegava a ficar na ESCS até à noite para os publicar.
Para manter a revista ativa e acabar com o estigma de que a MAGAZINE é só para os alunos de Jornalismo, a Catarina, agora com o cargo de Diretora-Geral, promovia atividades, palestras e workshops direcionados a todos os cursos da ESCS. Com o objetivo de reconhecer o mérito dos redatores que dinamizavam a revista, organizou a I Gala da MAGAZINE. Decorreu no dia 20 de abril de 2017, no Auditório Vítor Macieira, e teve como tema a “Caneta Dourada”, para dar um toque de glamour ao evento. Vê o vídeo promocional!

Fonte: Guião da I Gala (cedido por Catarina Caseirito)

Foi tudo pensado ao pormenor e até foram feitos ensaios gerais antes da Gala de estreia. Terminadas as welcome drinks, uma atuação da escstunis deu início à cerimónia. Com entrada livre, a I Gala teve como anfitriões Sílvia Carapeto e Rúben Martins, igualmente alumnis da ESCS. A Gala inaugural serviu também para celebrar o 5º aniversário da MAGAZINE e para premiar os seus membros por todo o esforço dedicado.

Prémios Caneta Dourada
Fonte: André Maia, vencedor do prémio “Melhor Entrevista”

Apenas a Direção Principal (https://www.youtube.com/watch?v=U-lZsB4DL_E) decidia quem seriam os vencedores e, de acordo com tal decisão, criavam as categorias dos galardões. Eis alguns exemplos da sua criatividade: “O Rei das Redes”, “A Mãe da Criança”, “Querido, mudei o site”, “O que vai a todas”, “O Grammar Nazi” e ainda “O INEM da MAGAZINE”. Todos os vencedores discursaram e, no final, cantou-se os parabéns à MAGAZINE, que até teve direito a um bolo!

Toda esta aventura, que nasceu em novembro do ano anterior, despoletou na Catarina um gosto por organização de eventos que desconhecia. A 4ª Diretora-Geral da MAGAZINE revelou-se muito contente com o formato atual da revista, louvando o facto de termos conseguido concretizar o projeto da edição impressa, algo que, durante os mandatos anteriores, não resultou como desejado. “Acho ótimo darem seguimento à Gala de Aniversário da MAGAZINE. Espero que passe a ser uma tradição! Apesar de o evento requerer muita exigência e organização, não tenho dúvidas de que vocês superam as expetativas.”

A atual Diretora-Geral da MAGAZINE, Adriana Pereira, era caloira quando decorreu a I Gala. Agora no último ano do curso, inspirou-se nas ideias da Catarina para criar a II Gala da MAGAZINE: 7 anos, 7 pecados. Quais foram as principais semelhanças entre as Galas? E diferenças? Lê o artigo do João Pinheiro, para descobrires!

Revisto por Ana Roquete

Artigos recentes

A arte para além de uma moldura

A exposição “Genius or Vandal – an unauthorized show” chegou a Portugal no dia 14 de junho à Cordoaria Nacional, em Lisboa, onde estará aberta

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *