Media,  Sem Categoria

The Fosters: Uma questão de família.

Quebrar a ideia da existência de uma família tradicional e chocar através do surgimento da “nova família moderna” foi o que levou Bradley Bredeweg e Peter Paige a escrever e Jenniffer Lopez a ser produtora executiva de “The Fosters”.

Foi no dia 3 de junho de 2013 que estreou a primeira temporada e a 6 de junho de 2018 que acabou a quinta e última. No entanto, The Fosters deu lugar a Good Trouble, a sequela que irá apenas acompanhar as duas filhas deste casal lésbico.

Esta é a família que te irá fazer ficar agarrado ao ecrã do computador e, se assim como eu, fores um devorador de séries, irás em pouco tempo acabá-la.

Desta família fazem parte Steff Adams Foster (interpretada por Teri Polo), a mãe mais séria e preocupada, cuja sua profissão enquanto polícia reflete esses mesmos traços, e Lena Adams Foster (interpretada por Sherri Saum), a mãe mais liberal e compreensiva, que ocupa um cargo na direção da escola onde os filhos estudam. Ambas integram o casal lésbico que tem cinco filhos. Também faz parte Brandon Foster (interpretado por David Lambert), que deseja ser pianista e é o único filho biológico de Steff (fruto de uma relação que teve com um homem); Mariana Adams Foster (interpretada por Cierra Ramirez), a típica adolescente que sofre dramas amorosos e desilusões nas suas amizades, mas que contém uma inteligência fora do normal, e Jesus Adams Foster (interpretado por Jake T. Austin – de 2013 a 2015- e Noah Centineo – de 2015 a 2018), o mais atlético da família – o que a gémea tem de inteligência ele tem de habilidade desportiva. Os gémeos de nacionalidade mexicana foram os primeiros a ser adotados. Ainda Jude Adams Foster (interpretado por Hayden Byerly) que é um dos membros mais novos desta família. Jude irá sofrer descobertas a nível da sua sexualidade e irá crescer bastante ao longo da série. Por fim Callie Adams Foster (interpretada por Maia Mitchell), a jovem problemática da família, que é revoltada em relação à vida e infância que teve. Ambos são irmãos e os últimos a integrar esta família.

Fonte: IMDB

Drama e romance é o que podemos encontrar nesta série, que está classificada pelo IMDB com 7,9 (numa escala de 0 a 10) – o que revela a qualidade dos atores, produção, imagens e enredo.

The Fosters é sem dúvida uma série que recomendo e à qual adorei assistir. Os temas abordados são extremamente importantes: homossexualidade, ou seja, como lidar com ela, e os seus preconceitos; o sistema de adoção e as consequências que todo o processo tem nas crianças e adolescentes; os problemas típicos da adolescência; o enfrentar de doenças e o processo de superação das mesmas; os problemas financeiros e ainda os problemas no casamento.

Acompanha esta família e entra na vida da mesma, perdendo-te nos seus problemas e ansiando para que tudo se resolva. No fim, vais sentir que valeu a pena acompanhares esta história que tanto te irá ensinar.

Fonte “thumbnail”: https://www.advocate.com/arts-entertainment/2018/6/06/10-ways-fosters-changed-tv-remembered-cast-and-creator#media-gallery-media-5

Artigo revisto por Rita Serra

Avatar

Sempre gostou de comunicar, de escrever e de ouvir o que os outros têm para lhe dizer. É apaixonada por moda desde que se lembra. Fica deliciada com histórias de vida incríveis mas que ainda não foram contadas por ninguém, são os diamantes em bruto que gosta de lapidar. No jornalismo encontrou o melhor dos dois mundos: poder aliar todas as suas paixões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *