Desnuclearização da Coreia do Norte dá um passo atrás

As negociações sobre a desnuclearização, realizadas em Estocolmo, entre os EUA e a Coreia do Norte não levaram a resultados significativos.

Fonte: AFP/Getty Images

A afirmação provém do enviado da Coreia do Norte que admite que as conversações falharam, responsabilizando os EUA. “As negociações não corresponderam às nossas expectativas e acabaram por falhar (…). O fracasso das negociações, que não conduziram a qualquer progresso, deve-se unicamente aos Estados Unidos, que não abandonaram a sua atitude habitual”, disse Kim Myong Gil. 

Kim Jong-un tem reivindicado uma diminuição nas sanções impostas pelos Estados Unidos devido aos testes com armas nucleares realizados pela Coreia do Norte. Mas, Donald Trump não quer modificar a sua posição sem que antes sejam impostas medidas de desarmamento nuclear na Coreia do Norte. 

Morgan Ortagus, a porta-voz da diplomacia norte-americana, mostrou uma visão diferente das negociações. Segundo a mesma, as declarações norte-coreanas “não refletem o conteúdo, nem o espírito das negociações, que duraram oito horas e meia”. Morgan adiantou ainda que os Estados Unidos aceitaram voltar a encontrar-se em Estocolmo para continuar as negociações dentro de duas semanas. 

Por: Cláudia Silva
Artigo corrigido por Adriana Alves

Artigos recentes

A arte para além de uma moldura

A exposição “Genius or Vandal – an unauthorized show” chegou a Portugal no dia 14 de junho à Cordoaria Nacional, em Lisboa, onde estará aberta

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *