Atualidade,  Informação

Despiste de autocarro com estudantes, em Espanha, faz 13 mortos

Um despiste de um autocarro com estudantes de Erasmus provocou, esta manhã, 13 mortos e 43 feridos, dos quais 4 se encontram em estado muito grave. O acidente deu-se na estrada AP-7 no município de Freginals, Tarragona, em Espanha. Todos os estudantes mortos eram mulheres, que estudavam na Universidade de Barcelona.

O grupo que seguia no autocarro regressava a Barcelona depois de um dia em Valência onde assistiu às festas tradicionais da cidade, conhecidas por Fallas. A maioria dos viajantes eram estudantes Erasmus. Contudo, o Cônsul-Geral de Portugal em Barcelona, Paulo Teles da Gama,  já confirmou que a bordo não seguiam estudantes de nacionalidade portuguesa.

De acordo com as autoridades espanholas, seguiam estudantes de Erasmus de 16 nacionalidades: Hungria, Alemanha, Suécia, Noruega, Suíça, República Checa, Nova Zelândia, Reino Unido, Itália, Peru, Bulgária, Polónia, Irlanda, Palestina, Japão e Ucrânia.

As causas do acidente permanecem por apurar. As primeiras informações recolhidas pela agência de notícias espanhola EFE indicam que o motorista perdeu o controlo do autocarro, galgando o separador e colidindo com outro veículo, no qual seguiriam dois passageiros. 

O responsável pelo Departamento do Interior do governo catalão, Jordi Jané, já se pronunciou sobre o assunto: “Tudo me leva a pensar que o acidente foi provocado por factores humanos, mas ainda é cedo para dizer. Nada nos faz pensar que é por causa do estado da estrada”.

Testes realizados ao condutor do autocarro não detetaram a presença de drogas ou álcool no sangue, segundo confirmou o Supremo Tribunal de Justiça da Catalunha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *