Literatura

Doar Livros – Onde o fazer este Natal?

O Natal é conhecido como a época da partilha e da união. É a altura em que nos reunimos com a família, rimos, comemos os pratos deliciosos da avó e trocamos muitas prendas. É assim que o Natal marca muita gente. No entanto, esta, infelizmente, não é a realidade de muitas famílias; nem sempre existe a possibilidade de ter um feriado “recheado”. E, por outro lado, tantas pessoas que saem da consoada com o carro cheio de coisas e, ao chegar a casa, só têm vontade de fazer uma revisão a tudo e “livrar-se” de algumas, sendo que muitas vezes nem sabem como ou onde fazê-lo.

Parte dessas coisas em que decidimos repensar – sobre se devemos mantê-las ou não– são os livros. Existem livros que lemos e que nos marcam para sempre, mas também existem outros que não crescem connosco e que ficam só a ocupar espaço na prateleira para nunca mais serem relidos ou, até mesmo, acabados. Livros são objetos valiosos que, em bom estado, podem passar para outras mãos e tornar a vida de outra pessoa mais iluminada. 

Assim, reuni uma lista de locais em Lisboa onde pode ser feita a doação de livros, especialmente nesta altura de Natal, visto que um livro, na minha opinião, é das melhores prendas que se podem oferecer. 

Déjà Lu

“Déjà Lu” é uma livraria de livros já lidos. Poderiam até ser chamados livros em segunda mão, mas não é a mesma coisa, pois estes livros já fizeram companhia a alguém e agora procuram uma nova casa. Os livros doados são revendidos por uma causa solidária, porque 100% das receitas revertem para a Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21.

A livraria aceita todo o tipo de livros, de língua portuguesa ou estrangeira, exceto enciclopédias e livros escolares.

As doações podem ser entregues num dos seguintes locais, em dias úteis, das 10h às 17h30:

  • Centro de Desenvolvimento Infantil Diferenças

Centro Comercial da Bela Vista

Avenida Santo Condestável, Loja 32,

Via Central de Chelas, 1900-806 Lisboa

  • Livraria Déjà Lu

Fortaleza da Cidadela de Cascais, 

Avenida D. Carlos I, 2750-310, Cascais

Livraria Déjà Lu
Fonte: Time Out

Na Rua Com Histórias

Na Rua com Histórias – Uma Biblioteca para Todos” é uma biblioteca cuja missão é combater a solidão e a iliteracia, através da leitura, da empatia e dos laços humanos que nascem através das histórias, chegando a qualquer pessoa que se sinta isolada, apesar de se encontrar no centro da cidade de Lisboa.

Assim, é criada uma biblioteca itinerante, com um tuk-tuk elétrico amigo do ambiente, que tem como objetivo chegar às ruas estreitas de Lisboa e a todos, indo ao encontro de quem vive só e de quem não se consegue deslocar, levando livros, jornais, revistas, leitura em voz alta, esperança, afetos, criação de valor, entre outros. 

Para ajudar esta biblioteca, poderão ser efetuadas doações a dinheiro (mais informações no site https://naruacomhistorias.pt) ou mesmo doações de livros. Se quiser contribuir para o crescimento da biblioteca através da doação de obras, basta enviar uma mensagem para naruacomhistorias@gmail.com.

Elsa Serra, a mentora da biblioteca itinerante, com o tuk-tuk.
Fonte: Na Rua Com Histórias

Outras alternativas mais acessíveis 

Existe ainda a opção de procurar instituições locais que estejam disponíveis para receber doações de livros. As mais comuns a aceitar, e também as mais perto de casa, são bibliotecas municipais, bibliotecas escolares, lares de idosos, casas de correção para jovens, orfanatos, estabelecimentos prisionais, entre outros. Para obter mais informações, poderão consultar os sites das câmaras municipais das zonas de residência. 

Espero que este artigo tenha trazido vontade de fazer parte das iniciativas destas organizações solidárias, contribuindo com uma simples revisão aos móveis com livros que podem alegrar o dia de muita gente. 

Protejam-se e boas leituras. 

Fonte da Imagem de Capa: The Guardian

Artigo revisto por Ana Sofia Cunha

Mariana Colaço

Por ter muitas paixões, Mariana é conhecida por estar envolvida em “mil coisas ao mesmo tempo”. Atualmente no curso de Publicidade e Marketing, mas com um (outro) grande amor pela escrita, escreve artigos onde consigam transmitir a emoção que sente sobre certos temas, não esquecendo de abordar também conteúdos importantes. Tem ainda o sonho de visitar o Japão e de um dia poder saber o que esteve por detrás do processo criativo da música Sunflower Vol.6.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *