Dynasty: o legado dos Carrignton

Já ouviste falar de Dynasty? Trata-se de um reboot, da The CW Television Network, de uma série dos anos 80 com o mesmo nome. A nova série, transmitida pela Netflix desde 2017, segue as tramas e intrigas dos Carrington, uma família da elite americana.

Tudo começa quando o empresário Blake Carrington anuncia aos filhos, Fallon e Steven, que vai casar com Cristal Flores, uma funcionária da Carrington Atlantic, a empresa da família. Esta notícia vem como um choque para Fallon, que pensava que ia ser promovida a CEO da empresa. Para piorar a situação, o cargo foi atribuído à sua futura madrasta.

Uma imagem com pessoa, pose, fotografia, em pé

Descrição gerada com confiança muito alta
Fonte: Pinterest

Na verdade, a série lembra-me um pouco de Gossip Girl, explorando de forma leve e divertida a sucessão de conflitos familiares, disputas de poder, vinganças, intrigas e também um pouco do luxo e do glamour que constituem a vida desta família.

De todas as personagens envolvidas na trama, Fallon Carrington foi sem dúvida a que mais me surpreendeu. Aparentemente fútil e superficial, a filha de Blake mostra ser precisamente o contrário, revelando, a pouco e pouco, o seu bom coração. Fallon, interpretada por Elizabeth Gillies, é, provavelmente, a personagem mais ambiciosa da família, constantemente a engendrar planos mirabolantes para conseguir o que quer. Para mim, é também a mais divertida. No fundo, ela é uma reflexão da própria série – desde os relacionamentos em que se envolve às tentativas de preservar a sua fama e de se tornar uma empresária de sucesso.

Uma imagem com relva, carro, exterior, pessoa

Descrição gerada com confiança muito alta
Fonte: Channel24

Com personagens tão diferentes entre si e vários mistérios por revelar, Dynasty expõe os segredos e as desavenças de uma família da alta sociedade que, apesar de todo o poder e riqueza que possui, é totalmente disfuncional.

Cada episódio mostra um pouco mais desta realidade, que é distante à maioria de nós – basta olhar para a mansão dos Carrington e imaginar como seria pertencer à família mais rica (e superficial) de Atlanta. Na minha opinião, é este lado mais trashy da série que prende o espectador ao ecrã.

Assim, deixo-te com a recomendação de uma série leve e divertida que se vê rapidamente – além de ser muito viciante. Se gostaste de Gossip Girl ou de The OC, decerto que vais gostar de Dynasty. Aproveita o fim de semana e deixa-te levar pelos mistérios e intrigas da família Carrington e de todos à sua volta.


Artigo revisto por: Ana Margarida Patinho

Artigos recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *