Moda e Lifestyle

E agora o que é que eu faço com as sobras do Natal?

A época natalícia é uma daquelas em que comemos e confecionamos mais pratos. As mesas cheias de doces e de salgados que nos deixam com água na boca e completamente deliciados são já uma tradição que não pode ser quebrada. As horas intermináveis dentro da cozinha a preparar a ceia perfeita fazem parte de toda esta realidade que acontece, religiosamente, todos os anos.

Mas o problema surge quando a magia do natal passa, as nossas barrigas já não aguentam comer mais nada e a comida que inicialmente nos enchia os olhos, agora, já não tem o mesmo encanto. Para combater o desperdício, porque deitar fora não pode ser uma opção (a não ser que esteja estragado, pois não queremos ninguém a ter uma intoxicação alimentar), trago-vos três receitas: dois pratos principais e uma sobremesa.

Folhado de Bacalhau:

Fonte: Uol.com.br

Esta receita é bastante simples e apetitosa. A estrela deste prato são as sobras de bacalhau assado ou cozido. Esta refeição dá para duas pessoas e faz-se em 30 minutos.

Mas vamos deixar-nos de coisas e passar logo aos ingredientes e preparação.

Ingredientes

  • Alho picado: 1 dente
  • Azeite: 2 colheres de sopa
  • Legumes ou sobras de legumes (alho-francês, pimento, courgette, cenoura): 150g
  • Sobras de bacalhau cozido ou assado: 150g
  • Azeitonas pretas sem caroço: 1,5 colheres de sopa
  • Ervas aromáticas picadas (salsa, coentros, cebolinho): q.b.
  • Natas: 100 ml
  • Sal: 1 colher de chá
  • Pimenta: q.b.
  • Massa folhada: 1 embalagem (230g)
  • Sementes (sésamo, abobora, linhaça, girassol, etc.): 1 colher de sopa

Preparação:

O primeiro passo desta receita é pré-aquecer o forno a 200 º C. Em segundo lugar, numa frigideira alta, alouramos o alho no azeite durante, aproximadamente, 2 minutos. De seguida, vamos adicionar os legumes, envolvendo-os e deixando-os a cozinhar durante 10 minutos. E não se esqueçam de ir mexendo de vez em quando. O terceiro passo é cuidar do bacalhau. Deitamos o bacalhau e misturamos. Juntamos as azeitonas em pedaços, as ervas a gosto e as natas e depois envolvemos tudo. Temperamos com sal e pimenta e deixamos ferver por 3 minutos. No final desses 3 minutos, retiramos do lume e guardamos. No quarto e último passo vamos desenrolar a massa folhada e colocar no centro o preparado do bacalhau. Dobramos as laterais para o centro e, com ajuda do papel da massa, enrolamos e fazemos uma trouxa. No final, só nos resta espalhar por cima as sementes e levar ao forno até ficar dourada.

Et voilà! Temos um folhado de bacalhau prontinho a servir.

Salada exótica de peru:

Fonte: Livro “Desperdício Zero: À mesa com o Pingo Doce

Confecionada em 20 minutos, esta receita de peru é uma ótima solução para combater o desperdício e para começares a entrar, outra vez, na linha.

Ingredientes

  • Azeite: 1 colher de sobremesa
  • Caril em pó: 1 colher de sopa
  • Quinoa: 100g
  • Água: 200ml
  • Sal: 1 colher de café
  • Manga limpa: 1/5 (150g)
  • Pimento vermelho: 80g
  • Talo de aipo: 30g
  • Pepino fino: 50g
  • Folhas de rúcula: 50g
  • Sobras de peru assado: 150g
  • Limão (sumo): ½
  • Miolo de noz em pedaços: 20g

Preparação

Para começarmos esta receita, temos de levar o azeite ao lume com o caril em pó e deixar fritar um pouco. E não se esqueçam: é sempre importante ir mexendo. Depois, juntamos a quinoa (lavada e escorrida) e regamos com água. Temperamos com o sal, mexemos, tapamos e deixamos cozinhar sobre o lume brando por 15 minutos. Aproveitamos esses 15 minutos para cortar a manga e o pimento em cubos, o talo do aipo em lâminas e o pepino em rodelas. Numa saladeira, misturamos os legumes com a manga e com as folhas de rúcula. Cortamos o peru em tiras e vamos juntar à quinoa, já cozida. Depois, para finalizar, misturamos com um garfo, de forma a que se envolva com os legumes. Só nos resta regar com sumo de limão e salpicar com as nozes.

Agora podes comer, sozinho ou acompanhado, esta salada exótica morna ou fria.

Queques de bolo-rei:

Fonte: Meia Malga

Sim, leste bem. Vamos transformar os restos do bolo-rei em queques quentinhos e apetitosos.  O bolo-rei é o “rei” dos doces tradicionais de natal e todos os cabazes têm sempre, obrigatoriamente, um. Por isso, o que acontece quando tens uma família numerosa, como a minha, é que nesta altura chegas a ter uns três bolos-rei em casa e, obviamente, não vais dar conta de todos. 

Esta receita que vos trago dá para 10/12 queques e é muito simples.

Ingredientes:

  • Sobras de bolo rei: 300g
  • Manteiga: 75g
  • Açúcar amarelo: 80g
  • 3 ovos
  • 1 iogurte natural
  • Farinha de trigo integral: 100g
  • Fermento em pó: 1½ colher de chá
  • Bicarbonato de sódio: ½ colher de chá
  • Nozes grosseiramente picadas: 70g
  • Flocos de aveia: q.b.
  • Arandos desidratados

Preparação:

Antes de qualquer coisa, temos de pré-aquecer o forno a 180ºC. Depois, vamos colocar as sobras de bolo-rei em pedaços num processador de alimentos e picar durante alguns segundos até que fique com uma textura areada. Guardamos e passamos ao passo seguinte. Batemos a manteiga juntamente com o açúcar até obtermos uma mistura esbranquiçada. De seguida, vamos juntar os ovos e bater mais um pouco até estes incorporarem. Adicionamos o iogurte e, sem deixar de bater, juntamos o bolo-rei, a farinha, o fermento e o bicarbonato, aos poucos. Batemos até que todos os ingredientes estejam bem ligados e adicionamos as nozes, envolvendo tudo com uma espátula. Depois, distribuímos a massa pelas formas dos queques e espalhamos sobre elas alguns arandos desidratados e flocos de aveia. Por fim, levamos ao forno, durante cerca de 20-25 minutos ou até que os queques comecem a ficar dourados.

No final desse tempo, tens uns queques de bolo-rei quentinhos para o teu lanche.

Agora já não tens desculpas para deitar fora as sobras da tua ceia natalícia.

Artigo revisto por Maria Madeira

Fonte da foto de capa: paraibamaster.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *