Em quem devo confiar?

O filme é moldado a partir da viagem de autodescoberta de Christine na periferia de um mundo que conhece todos os dias ao acordar. Essa falta de uma identidade definida é a base de toda a história de Before i go to sleep. O filme é, assim, um quebra-cabeças, onde o espetador é levado a testar possibilidades e a viver as dúvidas permanentes da protagonista. Estreou em 2014 e foi escrito e dirigido por Rowan Joffé.

Fonte: MovieWeb

Todos os dias de Christine (Nicole Kidman) começam da mesma forma: com uma aula de recapitulação feita pelo seu marido Ben (Colin Firth), que se apresenta e lhe explica a vida que têm em comum. Christine teve um acidente que fez com que não se lembre de nada a partir dos seus 20 anos. Cada vez que dorme, todas as suas memórias desaparecem, e começa tudo outra vez.

Na casa de banho, as fotografias coladas na parede contam a história de uma vida perdida: são as únicas lembranças que Christine possui sobre a sua identidade e vida passada.

Fonte: Imdb

Um dia, enquanto Ben está no trabalho, Christine recebe um telefonema do misterioso Dr. Nasch (Mark Strong). Este alerta-a para a existência de uma câmara mantida em segredo, que funciona como um diário onde ela, ao fim do dia, descreve as suas vivências. Segundo Nasch, Christine foi vítima de um ataque brutal cujos detalhes o marido esconde.

Agora, Christine começa a ficar confusa, sem saber em quem deve confiar: no seu marido estranhamente evasivo ou no médico misterioso? Perante as várias questões que são levantadas, o espetador continua ao lado da protagonista na sua procura por respostas.

Fonte: Imdb

Esta câmara funciona como o elo de ligação entre dias. É através dela que Christine percebe o que se está a passar, começando uma investigação diária. O problema surge quando esta começa a não ter a certeza de que as suas declarações estejam totalmente certas.

Before i go to sleep é um filme interessante pelos rumos que o roteiro segue na procura de informações. Cumpre, deste modo, o seu objetivo de entregar ao público um pouco de diversão.

Fonte fotografia “thumbnail”: MovieWeb

Artigo revisto por Mariana Coelho

Artigos recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *