Este livro dava um filme!

“Não gosto de ler, professora” –, queixava-se a maior parte da minha turma de secundário. “Mas ler ocupa-me demasiado tempo”. Ora, sendo eu uma leitora compulsiva, nunca entendi bem esta aversão aos bonitos livros em papel (fossem eles grossos – os chamados e temidos “calhamaços” – ou bem fininhos). No entanto, a vocês que também não gostam de ler, mas que até iam gostar da história se a conhecessem, e que perguntam “mas não há em filme?”… Há, sim! E hoje venho dar-vos cinco sugestões de livros que, eventualmente, viraram filme – e que o público adora!

O mais recente fenómeno adolescente, inspirado nas famosas “50 Sombras de

Grey” – que também começou por ser um livro e que terminou transformado num filme -, “After”, chegou ao grande ecrã em abril deste ano, sendo um sucesso de bilheteira e um insucesso de realização para os fãs da saga. No entanto, quem ainda não conhecia a história contada por Anna Todd gostou do clima de romance subtil do filme, que ocultou as partes mais “escuras” do protagonista, Hardin.

“O Ódio Que Tu Semeias”, de Angie Thomas, que conta a história de Starr Carter – uma adolescente que vê o seu melhor amigo a ser assassinado por um polícia – transformou-se em cinema em 2018, num filme que conta com nomes bastante conhecidos como o de Amandla Stenberg ou de K.J Apa (estrela de Riverdale).

Também no mesmo ano, a Netflix trouxe-nos o famoso “A Todos os Rapazes Que Já Amei” e uma crush incurável pelo protagonista, Noah Centineo. O romance de Jenny Han – que nos livros se divide em três partes – roubou os corações a todos os que viram e eu, pelo menos, não conheço ninguém que não tenha visto.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/To_All_the_Boys_I%27ve_Loved_Before#/media/Ficheiro:To_All_the_Boys_I’ve_Loved_Before_poster.jpg

Em 2017, “A Cabana”, de William P. Young, apresentou-nos Octavia Spencer como Papa, Tim McGraw como Willie, Sam Worthington como Mack Phillips e Radha Mitchell como Nan Phillips, numa história comovente e que faz jus à história contada no seu formato original.

Em 2016, entre muitas adaptações de livros de sucesso, chegou-nos “Inferno”, de Dan Brown, com a história do já conhecido Robert Langdon. O cenário para esta história foi Itália, nomeadamente Florença, e inclusive existem roteiros para os turistas poderem visitar os mesmos pontos que o protagonista.

          

  Artigo revisto por Mariana Plácido

Artigos recentes

A arte para além de uma moldura

A exposição “Genius or Vandal – an unauthorized show” chegou a Portugal no dia 14 de junho à Cordoaria Nacional, em Lisboa, onde estará aberta

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *