Muito mais do que um romance

Estamos habituados a classificar os romances como ‘lamechas’ e nem sempre reconhecemos o valor que têm. Mas mais do que uma história de amor, alguns romances trazem uma lição valiosa de esperança e persistência. A ESCS MAGAZINE traz-te três sugestões de romances que são muito mais do que uma história bonita. 

O fim da aventura

Créditos: Columbia Pictures

Um filme de 1999 que nos leva diretamente para os anos 40, em plena segunda Guerra Mundial. Maurice Bendix é um escritor que um dia se apaixona pela mulher de um amigo, Sarah Miles. Depois de viverem um breve caso amoroso, Sarah desaparece da vida de Maurice sem nenhuma explicação. Mas a obsessão de Maurice não lhe permite esquecer o assunto, e este começa a tentar decifrar todos os sinais que possam ter levado àquele fim indesejado. Mas a verdade pode ser ainda mais desagradável do que o desconhecimento.

“O fim da aventura” retrata todos os tipos de amor que podem existir e desafia o poder das crenças de cada um. É uma história completa que explora a obsessão, o desespero, a fé e o ciúme.

Os agentes do destino

Créditos: Universal Pictures e MRC

Muitos de nós já se questionaram sobre se o destino realmente existe. Será que ele está traçado logo à nossa nascença ou somos nós que o desenhamos? O filme “Os agentes do destino” procura dar uma possível resposta a esta questão.

David Norris está na corrida ao Senado quando conhece a misteriosa bailarina Elise Sellas. Apesar de se apaixonarem ao primeiro olhar, o destino está sempre a tentar separá-los. A decisão de ficar com Elise pode deitar por água abaixo todas as hipóteses de David de chegar ao Senado. Estará David Norris disposto a desistir da sua carreira e a construir o seu próprio destino?

Ruby Sparks – Uma mulher de Sonho

Créditos: Fox Searchlight Pictures

Calvin é um jovem escritor que mantém uma vida aborrecida e solitária e, por isso, sofre de um bloqueio criativo. Mas, num dia que parecia ser igual aos outros, conhece Ruby: a mulher dos seus sonhos, cuja personalidade e aparência em muito se assemelham com uma das suas personagens. Na verdade, Ruby tornou-se mesmo numa personagem, possível de alterar conforme o que Calvin escrevia. Calvin fez aquilo que todos nós já tentámos: mudar a pessoa que está ao nosso lado para facilitar a convivência. Mas demasiadas mudanças podem apagar a pessoa que inicialmente conhecemos.

Esta comédia romântica soube pegar num pensamento que todos já tivemos e construir uma bela história sobre aceitação e tolerância. A mulher ou o homem dos nossos sonhos vem, certamente, com defeitos e Ruby Sparks mostra-nos que é isso que traz autenticidade à relação.

Artigo revisto por: Carolina Cacito

Artigos recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *