Artes Visuais e Performativas,  Secções

Neither here nor there but everywhere

A mancha artística de Mariana Dias Coutinho transpõe a tela para conquistar a cidade de Lisboa. Conhecida pela arte urbana, a artista, após múltiplas exposições e o mais recente mural “Desassossego” na Rua do Alecrim, deixa a sua marca no Casino de Lisboa com uma exposição temporária e um mural.

Ironicamente, numa exposição com o nome “IM NEITHER HERE NOR THERE”, a lisboeta surpreende-nos com um número reduzido de obras que são mais que suficientes para manter o observador cativo ao mundo de Mariana Dias Coutinho.

Ao primeiro olhar, a exposição é uma afronta a toda a estética envolvente do Casino, onde a ideia de luxo é imperativa. Deparamo-nos com um cubo de madeira polida que emana naturalidade, tornando aquela porção do casino um espaço mais orgânico e espontâneo, atraindo assim os mais curiosos, os que se perdem nas horas de almoço e os que com sorte ou em busca de sorte passam por ali.

Captura de ecrã 2016-03-27, às 15.05.19
Foto da instalação , tumblr da artista

A instalação é simultaneamente uma peça e um pequeno espaço galeria onde exploramos o interesse da artista contemporânea pelo disforme, o movimento, o abstrato e a sua relação com a mancha, a forma e principalmente com a intuição, manifestando-se esses elementos em obras em que uma imponente mancha se propaga pela “Camarupa”, coabitando com a celebração da figura humana em corpos deformados e nus. Num registo que recorda as obras de Paula Rego, contudo despido de erotismo, aproximando-se mais de uma conceção etérea tal como “O jogo das nuvens”.

ART - Ana Alexandra - 24 de Março - imagem corpo 2
“Camarupa” técnica mista, Mariana Dias Coutinho

Já “O Craneo de Schiller” representa o caso controverso do crânio desaparecido do poeta alemão Friedrich Schiller, podendo tomar-se a obra como uma alusão ao nome da exposição e espírito de constante dúvida, reflexão e procura por parte do observador.

Para aqueles que por admiração ou por simples curiosidade queiram perceber um pouco mais do conceito por trás da obra, Mariana Dias Coutinho estará dia 30 de março, quando finda a exposição, a inaugurar o mural que tem realizado ao longo de todo este mês.

A entrada é livre apenas para maiores de 18 anos.

ART - Ana Alexandra - 24 de Março - imagem corpo 3
Work in progress do mural no parque do casino, tumblr da artista

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *