Informação

Novos cursos superiores curtos a meio-gás

A nova proposta de formação do governo já arrancou. Os cursos para formar Técnicos Superiores Profissionais (CTSP) já podem receber 3000 vagas, no entanto apenas um terço dos cursos arrancou no início do ano lectivo. Sabe-se que foram aprovados, peIa Direcção Geral do Ensino Superior (DGES), 92 cursos deste tipo. Isto traduz que 26 cursos CTSP começaram a leccionar entre Outubro e as primeiras semanas deste mês, estando previsto que entre Dezembro e Fevereiro do próximo ano arranquem mais 11.

Os atrasos verificados não se devem à falta de alunos ou de professores mas sim à aprovação demorada por parte da entidade que os tutela, a DGES. Estes atrasos levaram os politécnicos a ter de adiar o seu começo visto não ser possível enquadrar estas formações no regime regular.

A juntar a estes números existem mais 19 que não têm data de começo prevista. Esta situação já se deve à dificuldade em perceber qual será a adesão por parte dos estudantes. Alguns destes 19 CTSP já se encontram com as candidaturas abertas, no entanto só irão avançar se o número de candidatos o justificar.

No final das contas sabemos que as propostas feitas somam 138 cursos. Pelo que percebemos que se encontram ainda 46 por aprovar, 11 cursos com início marcado para os próximos três meses e 19 que não têm data prevista.

A terminar também com contas, o preço destes CTSP variam entre os 380 e os 3108. Isto tudo depende da instituição e curso a leccionar tendo também em conta a escolha da instituição, ou seja, uma instituição privada tem cursos mais caros do que os politécnicos públicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *