Literatura,  Secções

Nunca pensaram em atribuir uma música ao vosso livro preferido?

Quando estamos a ler um livro, a história e as personagens criam realidades diferentes das nossas, transportando-nos. Como tal, fazem com que nós nos imaginemos na “pele” das personagens e comecemos a imaginar músicas ou sons que descrevem na totalidade a história e as personagens em apenas três minutos.

Em parceria com a escritora Sofia Costa Lima, a ESCS MAGAZINE escolheu quatro livros e associou, a cada um deles, quatro músicas. Convidamos-te a ler para ver se achas que a música escolhida corresponde aos nossos livros preferidos.

A Culpa É Das Estrelas, de John Green

imagem1

Um livro de que já quase todas pessoas ouviram falar, nem que seja por terem visto o filme ou por terem ouvido dizer que as amigas choraram baba e ranho a vê-lo.
Apesar do milagre da medicina que fez diminuir o tumor que a atacara há alguns anos, Hazel nunca tinha conhecido outra situação que não a de doente terminal, sendo o capítulo final da sua vida parte integrante do seu diagnóstico. Mas, com a chegada repentina ao Grupo de Apoio dos Miúdos com Cancro e ao conhecer Augustus Waters, a história de Hazel estava prestes a ser completamente reescrita.

A música que, na minha opinião, melhor descreve este livro tinha de ser do Ed Sheeran, cantor um tanto ou quanto romântico, que deixa as raparigas a suspirar com cada letra de música que escreve. A música é “I See Fire” (https://www.youtube.com/watch?v=2fngvQS_PmQ), do álbum “X”.

A Escolha, de Nicholas Sparks

imagem2

Como romântica incurável que sou, como já devem ter percebido pela minha primeira escolha, escolhi um livro de Nicholas Sparks. “Uma Escolha Por Amor”, mais conhecido por “The Choice”, retrata a história amorosa de Travis Parker (Benjamin Walker) com Gabby Holland (Teresa Palmer). Travis tem uma vida confortável, um bom emprego, amigos leais e uma casa numa pequena cidade costeira. Ele anseia diariamente por uma vida plena e despreocupada e acredita que um relacionamento sério limitaria o seu estilo de vida. Ele pensava assim até aparecer Gabby Holland. Gabby muda-se para a casa ao lado e chama logo a atenção de Travis. Esta atração transforma-se em algo mais e faz com que os dois se entreguem a uma relação por que nenhum deles esperava.

A música que se adequa na perfeição a este livro é “The Power of Love” de Gabrielle Aplin (https://www.youtube.com/watch?v=zNpeK7sDLzE), exatamente pelo nome da música; este casal é a personificação do poder do amor, independentemente de qualquer adversidade.

Mistério da Estrada de Sintra, de Eça de Queirós e Ramalho Ortigão

imagem3

Para um livro que começa com um rapto em Sintra, envolto no mistério tão característico daquela vila, não haveria uma música que se encaixasse melhor neste romance do que o tema “Sintra”, dos Snarky Puppy (https://www.youtube.com/watch?v=ejixGvnNTDU). Com uma boa dose de mistério e um ritmo que vai acompanhando também o ritmo da história, se há músicas que poderiam perfeitamente ter sido feitas de propósito para este livro, esta seria uma delas.

À Procura de Alaska, de John Green

imagem4

Lembro-me de, quando li este livro, ter dado por mim a cantar esta música porque achei que era demasiado apropriada a determinada altura da narrativa. “I Still Haven’t Found What I’m Looking For”, dos U2 (https://www.youtube.com/watch?v=e3-5YC_oHjE), parece uma forma leve e descontraída de lidar com a procura incessante por Alaska, levada a cabo por Miles. Quem sabe o John Green não se tenha inspirado na banda de Bono Vox!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *