Operação Polícia Sempre Presente: Páscoa em Segurança 2018 já começou

A Guarda Nacional Republicana deu início à Operação Páscoa. O patrulhamento nas estradas com maior fluxo já foi intensificado desde a meia-noite desta quinta-feira e será prolongado até à meia-noite da próxima segunda-feira.

A época de Páscoa é também uma época de férias na qual se prevê um maior fluxo de carros e pessoas. A GNR começou esta quinta-feira a Operação Polícia Sempre Presente: Páscoa em Segurança 2018 com o objetivo de sensibilizar as pessoas a adotarem medidas de segurança para reduzir a sinistralidade rodoviária nesta época.

Será feito um reforço policial nos próximos sete dias com maior atenção para as manobras perigosas e para os comportamentos de risco: excesso de velocidade, o uso inadequado das cadeirinhas para criança, falta de carta de condução e do cinto de segurança. Estes são alguns dos comportamentos que estão na mira dos militares e que constituem as principais causas de acidentes graves no país.

O reforço do patrulhamento vai incidir na tarde desta quinta-feira e durante o dia de sexta-feira nas saídas das áreas metropolitanas de Lisboa e Porto. O Major GNR, Paulo Gomes, afirmou que a GNR terá “também uma particular atenção à zona da Serra da Estrela, acessos que por esta época também são bastante concorridos, e a agravar essa situação estarão também as condições meteorológicas adversas que poderão, eventualmente, levar ao corte de algumas vias. Estará ainda com especial incidência no Algarve ao longo da A22 e da N125, não só pela ocupação turística que é esperada para esta época, mas também pela entrada de vários visitantes espanhóis pela fronteira que veem visitar o país nesta quadra”.

Esta operação vai mobilizar cerca de 4.500 militares dos Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito e, de acordo com um agente da GNR, nas estradas já se registou “3 feridos graves espalhados pelos distritos de Faro, Coimbra e Santarém”.

Artigos recentes

The (not so) Good Place

Estás à procura de uma série curta e divertida para fazer binge-watching durante a quarentena? The Good Place pode ser a melhor opção. Esta série

Ler mais »

SNS e o suicídio

Não saber que o Sistema Nacional de Saúde é lento é como não saber que data é 1143: é sinal de que não se é

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *