Os segredos por detrás da capa do BlackStar

A capa do disco “Blackstar”, o último disco do cantor David Bowie, deixa os fãs em suspense mesmo depois da sua morte.

São várias as críticas feitas à capa do disco devido à sua simplicidade. Até chegam a dizer que esta capa demorou apenas cinco minutos a ser desenhada. No entanto, os fãs e o designer do álbum têm mostrado que este é mais complexo do que aparenta ser.

Alguns dos segredos desta capa ainda não foram desvendados. O próprio cantor não tem conhecimento de alguns segredos escondidos no álbum, pois esses foram incluídos pelo o designer.

A mortalidade está representada, não só pela cor preta, mas também pela aparência de um buraco negro quando o disco está dentro da capa.

Os seis fragmentos de estrelas por baixo da estrela maior na frente da capa são dispostos de forma a que se leia “Bowie”. A primeira estrela, representa o B, a segunda estrela, e também a única estrela completa, o O, as duas estrelas do meio o W, depois o I e por último a estrela de três pontas no final faz lembrar o E. Os fãs repararam como este disco é único, sem a imagem do próprio Bowie na capa, e pensa-se que por essa razão estes fragmentos estão a representá-lo.

Os fãs de David Bowie, encontraram mais alguns segredos no albúm:

Na imagem do céu estrelado dentro do disco, encontrou-se o contorno de uma pessoa desenhada pelas as estrelas. Pensa-se que esta imagem seja uma referência a “Starman”, uma das músicas do album The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars, de 1972.  David Bowie tem uma música chamada Starman, então os fãs pensam que esse contorno esteja relacionado com a música.

Ao expor a capa do disco à luz no ângulo certo, esta reflete uma estrela. No entanto, a opinião dos fãs divide-se aqui: uns dizem ser um pássaro, outros dizem ser uma estrela. Quando exposta à luz negra, a estrela na capa do disco torna-se azul e o mesmo acontece quando se expõem a imagem do céu estrelado na contracapa à luz negra.

(Fonte: https://twitter.com/RobboRobson21/status/797944999522533376/photo/1 )

Um dos fãs reparou que o tempo está presente na parte de trás do disco, onde parece ter sido usado o tipo de letra Terminal. O facto de ter usado esse tipo é interpretado pelos fãs como se Bowie soubesse que estava a ficar sem tempo. Esta teoria também está relacionada com a questão da mortalidade.

Fonte (: http://www.barnbrook.net/work/david-bowie-blackstar/ ) (colocar a foto aqui)

“Blackstar” foi um disco feito para os fãs, um presente de despedida, na medida em que se pensa que o cantor já soubesse o quão próxima estava a sua morte. O produtor musical diz que a morte de David Bowie “não foi diferente da sua vida – uma obra de arte.”

Revisto por Ana Roquete

Artigos recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *