Atualidade

Papa Francisco em Portugal

Chegou o momento que é considerado um dos mais importantes do ano para Portugal: a chegada do Papa Francisco a Fátima.

Eram 16h10 quando o Papa chegou à Base Aérea de Monte Real, em Leiria. No entanto, depois de uma hora da partida de Roma, Francisco agradeceu o trabalho a todos os 72 jornalistas que o fizeram acompanhar na companhia aérea nacional italiana, Alitalia, nesta viagem para Lisboa e cumprimentou-os- “Esta viagem é algo especial, de oração, de encontro com o senhor, com a Santa Maria de Deus. Obrigado pela companhia e vamos em frente”, afirmou.

Durante o voo afirmou que esta viagem “é algo especial” e caracterizou-a como “uma viagem de oração de encontro com o Senhor e com a santa mãe de Deus”, uma vez que o Papa se encontra em Fátima nos dias 12 e 13 de maio (esta sexta-feira e sábado) para celebrar o centenário das “aparições” de 1917 e para canonizar os testemunhos que faltam, Francisco e Jacinta Marto.

Por volta das 16h, Francisco chegou a território português. A partir desse momento, o avião do chefe máximo da Igreja Católica passou a ser escoltado por um conjunto de caças F-16, sediados na Base Aérea de Monte Real.

Em Monte Real, estavam à sua espera o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o primeiro-ministro, António Costa, e o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues. Além disso, também se encontravam presentes o Núncio Apostólico, do presidente da Conferência Episcopal Portuguesa e do bispo de Leiria.

Depois de cumprimentar todos os fiéis que aí se encontravam e os representantes do Estado e da Igreja portuguesa, o Papa veio de helicóptero até ao Estádio do Desportivo de Fátima, onde seguiu para o Santuário de Fátima. Todo o percurso foi acompanho por um banho de multidão ansiosa por o ver.

Chegou às 18h20 à Capelinha das Orações, no qual se dirigiu à imagem da Nossa Senhora de Fátima e aí iniciou-se 8 minutos de oração, após ter depositado um ramo de flores brancas aos pés da imagem da santa. De seguida, o Papa ofereceu a terceira Rosa de Ouro ao Santuário de Fátima. Estes momentos foram acompanhados por gritos dos crentes, como “Viva o Papa” ou “Viva a Nossa Senhora”, e aplausos.

A cerimónia acabou por volta das 18h50, dirigindo para o sítio onde ficou alojado, a Casa da Nossa Senhora do Carmo. Após o jantar, às 21h30, Francisco presidiu à cerimónia da bênção das velas e da recitação do terço na Capelinha das Aparições.

Apesar do Papa se encontrar menos de 24 horas em Portugal, esta é a quarta visita do Vaticano a Fátima, sendo que Paulo VI, João Paulo II e Bento XVI visitaram Fátima.

[cycloneslider id=”papa1″]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *