Paulo Portas vai ocupar cargo de curador na Fundação Champalimaud

Será ao lado de Aníbal Cavaco Silva, de Fernando Henrique Cardoso, da Rainha Sofia de Espanha e de Daniel Proença de Carvalho, que Paulo Portas vai ocupar o cargo de curador da Fundação Champalimaud.

Foto: Carlos Barroso / Lusa

O concelho de curadores, que agora o ex-líder do CDS vai integrar, está a cargo de Leonor Beleza e tem como principal função orientar e acompanhar o desenvolvimento das atividades da fundação.  A Fundação Champalimaud explicou na sua página que os membros escolhidos para o cargo são “oriundos de diferentes meios culturais e profissionais e todos eles são reputados nas suas áreas pelo empenho que dedicam à melhoria das condições de vida das pessoas”.

Segundo a notícia avançada pelo jornal Expresso, o anúncio do novo curador foi dado na segunda-feira num encontro que contou pela primeira vez com a presença da Rainha Sofia de Espanha enquanto curadora.

A fundação Champalimaud aproveitou a ocasião para anunciar também que vai aliar-se ao casal franco-espanhol Maurício e Charlotte Botton para criar um prémio de um milhão de euros que será entregue a “trabalhos de investigação básica e clínica inovadores e com grande impacto no controlo e cura do cancro”. Este vai ser o maior prémio do mundo na área.

Artigo revisto por Ana Rita Sebastião

Artigos recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *