Paulo Portas vai ocupar cargo de curador na Fundação Champalimaud

Será ao lado de Aníbal Cavaco Silva, de Fernando Henrique Cardoso, da Rainha Sofia de Espanha e de Daniel Proença de Carvalho, que Paulo Portas vai ocupar o cargo de curador da Fundação Champalimaud.

Foto: Carlos Barroso / Lusa

O concelho de curadores, que agora o ex-líder do CDS vai integrar, está a cargo de Leonor Beleza e tem como principal função orientar e acompanhar o desenvolvimento das atividades da fundação.  A Fundação Champalimaud explicou na sua página que os membros escolhidos para o cargo são “oriundos de diferentes meios culturais e profissionais e todos eles são reputados nas suas áreas pelo empenho que dedicam à melhoria das condições de vida das pessoas”.

Segundo a notícia avançada pelo jornal Expresso, o anúncio do novo curador foi dado na segunda-feira num encontro que contou pela primeira vez com a presença da Rainha Sofia de Espanha enquanto curadora.

A fundação Champalimaud aproveitou a ocasião para anunciar também que vai aliar-se ao casal franco-espanhol Maurício e Charlotte Botton para criar um prémio de um milhão de euros que será entregue a “trabalhos de investigação básica e clínica inovadores e com grande impacto no controlo e cura do cancro”. Este vai ser o maior prémio do mundo na área.

Artigo revisto por Ana Rita Sebastião

Artigos recentes

Era uma vez

Versão em forma de tributo de uma Hollywood em transição da sua fase clássica para uma nova era mais escura. O “nono” de Tarantino não

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *