Atualidade,  Informação

“Podia dar um tiro a alguém e não perdia votos”

Captura de ecrã 2016-01-26, às 19.58.52

Donald Trump voltou a ser polémico, desta vez num comício no estado do Iowa durante o fim de semana passado. Trump mostra-se confiante ao falar da “lealdade” que caracteriza os seus apoiantes. “As sondagens dizem que eu tenho os apoiantes mais leais. Podia chegar à Quinta Avenida [em Nova Iorque], dar um tiro a alguém e não perdia votos. É incrível”, disse o candidato mais bem posicionado nas sondagens sobre a corrida para a nomeação no Partido Republicano.

A nível nacional, a última sondagem da Reuters-Ipsos indica que Trump lidera as intenções de voto dos eleitores republicanos, com 40,6% das preferências dos votantes.

O comentário de Donald Trump está a provocar uma acesa discussão nos EUA sobre até onde pode ir o candidato nas declarações que faz durante a campanha. No entanto, depois de tantos comentários ofensivos e propostas de medidas extremistas, nomeadamente a proibição da entrada de qualquer muçulmano no país, seja imigrante ou turista, o multimilionário nunca foi penalizado nas sondagens. Pelo contrário, o seu sucesso é também um resultado das suas declarações mais polémicas, que uns consideram ofensivas e outros uma luta contra o politicamente correcto.

A uma semana do caucus do Iowa- onde os militantes daquele estado-chave demonstrarão apoio a um dos candidatos republicanos à eleição presidencial nos Estados Unidos- as sondagens mostram que o polémico candidato já leva um avanço considerável em relação ao principal rival na corrida à nomeação do Partido Republicano, o senador Ted Cruz.

De acordo com a sondagem feita pela Fox News e divulgada este domingo pela imprensa norte-americana, Trump reúne a preferência de 34% no Iowa. Ted Cruz segue na segunda posição com 23% das preferências dos votantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *