Moda e Lifestyle

Quatro Marcas de Roupa para Espíritos Aventureiros

Todos nós gostamos de férias: descansar e de conhecer sítios novos. Mas é indubitável que há quem tenha um espírito mais aventureiro e que goste de explorar novos sítios não só nas férias, mas sempre que possível. Neste artigo, vão poder conhecer algumas marcas que estão prontas para se aventurarem convosco!

The North Face Never Stop Exploring

Fonte: thenorthface.pt

O nome está associado à denominação do lado mais frio e implacável da montanha, mas, curiosamente, a primeira loja da marca surge numa praia, a de São Francisco Norte.

A The North Face começou por comercializar mochilas e equipamento de escalada, por isso, desde muito cedo, ajuda os exploradores a alcançar os lugares mais insondáveis dos Himalaias. Com o tempo, começou a patrocinar verdadeiras aventuras – aquelas em que os exploradores mais ousados partem para os locais mais longínquos e intocados do planeta. Mais tarde, nos anos 80, The North Face entra também no ski e, hoje, apresenta uma vasta oferta de roupa, calçado e equipamento de alta performance. É realmente uma marca para aventureiros, não achas?

Patagonia

Fonte: Google Imagens

O primeiro nome da empresa foi, na verdade, Chouinard Equipment e o seu fundador – e ainda proprietário – foi Yvon Chouinard. O início da escalada para Chouinard começou quando tinha 14 anos e um dos líderes do Clube de Falcões da Califórnia do Sul lhe explicou, assim como aos seus amigos, como descer os penhascos para ir até às áreas onde estavam os falcões. A paixão começou.

Mais tarde, Yvon percebeu que a escalada não lhe dava rendimento e começou a fabricar pítons e excêntricos de escalada e a vendê-los na garagem do pai. Em 1965, iniciou uma parceria com Tom Frost e fundou a Chouinard Equipment e os dois redesenharam e melhoraram os equipamentos de escalada.

Apesar dos atrasos nas encomendas, nas épocas de escalada – porque os trabalhadores da empresa praticavam todos este desporto e estavam fora nessa mesma época -, a empresa cresceu e, no início dos anos 70, já era a maior empresa a fabricar equipamentos de escalada para o mercado americano.

Desde o início que esta marca se destaca também pela sustentabilidade, derivada das preocupações ambientais de Chouinard, sendo que a primeira foi quando percebeu que as montanhas estavam a ficar poluídas porque os pítons se entalavam nas fissuras das rochas e ficavam lá abandonados. Mesmo sabendo que este produto representava 70% das vendas, Chouinard descontinuou-o e criou um novo, em alumínio, que podia ser reutilizado.

Mais tarde, a Chouinard começou a fabricar e a vender roupa resistente para escalada: começou pelas camisolas e estendeu-se às restantes peças.

É aqui que surge a Patagonia. Com uma extensão maior, Chouinard trocou o nome da sua marca para Patagonia, por ser um lugar que o inspirava e onde tivera viajado para escalar o Fritz Roy – que é o logotipo da marca.Digam-me lá: com uma história tão ligada à escalada, a Patagonia é ou não é uma marca para aventureiros?

Bear Surfboards a marca que foi criada por John Milius para o filme Big Wednesday

Fonte: bearsurfboards.eu

As primeiras pranchas de surf da Bear foram feitas por Billy Hamilton, um shaper de Kauai muito famoso pelo seu trabalho. Em 1980, juntou-se a ele Randy Rarick. Com esta dupla lendária, a Bear ganhou facilmente uma reputação de excelência. Hoje, a Bear continua a fabricar roupa e pranchas de muita qualidade.

Na altura, os surfistas precisavam de ser leves e ágeis para surfar ondas grandes com as longboards de madeira pesadas. Hoje, a Bear vende também skateboards e SUP insufláveis.

Pode ser uma marca menos aventureira para muitos, mas acredito que os leitores surfistas sentem a emoção e a aventura vir ao de cima sempre que entram no mar…

Fonte: bearsurfboards.eu

Nature Backs

É uma marca para espíritos aventureiros, porque é uma marca que motiva a que o sejamos. É uma marca que nos inspira a estar em contacto com a natureza e que prefere que os seus trabalhadores estejam mais focados na aventura e no “viver” do que num horário de trabalho rígido e assassino de produtividade. A Nature Backs é a marca de roupa que nos conta histórias e nos convida a sentir e a criar as nossas próprias histórias na natureza.

Fonte: Google Imagens

Com ou sem estas marcas de roupa a equiparem-vos, o mais importante é que nunca percam o espírito de aventura. Se não o tiverem, aqui vai o meu conselho: desafiem-se. Experimentem coisas novas. Vão a sítios novos. Saiam da vossa zona de conforto. Uma aventura não tem de ser escalar o Monte Evereste. Uma aventura pode também ser uma daquelas coisas inesperadas que acontecem quando aceitamos ir só beber café com os amigos – e normalmente acontecem mesmo naquelas vezes em que não queremos sair de casa, por puro conforto.

Imagem de capa: Pexels

Artigo revisto por Beatriz Campos