Capital,  Secções

Resvés: Muito mais do que uma geladaria

[cycloneslider id=”resves”]

Quando se entra na geladaria Resvés, em Campo de Ourique, o cliente sente-se logo envolvido num ambiente de conforto e tranquilidade, caraterizado pela luz quente, o cheirinho a bolachas acabadas de fazer e a boa música, que vai de jazz a Beatles e Pink Floyd.

Embora seja mais conhecido pelos seus gelados de diversos sabores – rosas, alfarroba, bolacha oreo, champagne e framboesas, chocolate, leite condensado, entre outros -, a verdade é que este espaço é muito mais do que uma geladaria. Para colmatar o Inverno, Sofia Rêgo, dona do espaço, decidiu alargar o conceito do Resvés. “Como nós tínhamos que ter tudo o que está associado aos gelados – os Crepes, as waffles (…) – resolvemos (…) agarrar no que estava previsto e potenciar e diversificar. (…)”, afirmou. Se apetecer algo doce, existe uma variedade de produtos caseiros que pode satisfazer qualquer desejo: scones, tarte de merengue de limão, bolo de chocolate, waffles, bolachas, chocolate quente e muito mais! No entanto, se o desejo for de algo salgado, também existem várias opções inovadoras com produtos locais, entre elas: o crepe de morcela e ananás ou o de bacalhau com alho francês e creme de coentros, acompanhados com arroz e salada.

Segundo Sofia, “Isto não é um espaço para beber café e ir embora. É um espaço para estar.” E é verdade, pois para além de existir uma divisão para as crianças desenharem e uma esplanada no jardim das traseiras, também existe um espaço com mesas largas onde se pode ficar a estudar. Nas paredes da geladaria encontram-se expostos quadros de artistas desconhecidos que têm dificuldade em divulgar o seu trabalho; no balcão, latas parecidas às dos anos de 50; numa das mesas, livros de cordel. Na sua totalidade, o Resvés é composto por uma diversa quantidade de pormenores que dá vida e harmonia ao espaço.

Encontra-se no Jardim da Parada, está aberto todos os dias da semana desde as 10h00 às 20h00, e tem Wi-Fi disponível. Para se estar a par de todas as novidades, o Revés tem uma página no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *