Reuniões para o Brexit vão intensificar-se

A Comissão Europeia comunicou que as reuniões sobre o Brexit vão aumentar. O anúncio foi feito após a reunião entre o negociador-chefe do executivo europeu e o ministro do Reino Unido para a Saída da UE na sexta-feira. Este anúncio surge também após um encontro entre Boris Johnson e o primeiro-ministro irlandês.

A declaração divulgada pela Comissão Europeia diz que “a UE e o Reino Unido acordaram intensificar discussões nos próximos dias”. O anúncio de Bruxelas aconteceu na sexta-feira, após o encontro entre os principais negociadores do Brexit. 

Steve Barclay, o ministro do Reino Unido para a Saída da UE, e Michel Barnier, o negociador-chefe da Comissão Europeia, estiveram reunidos num “encontro construtivo”. Os embaixadores do resto dos países da União Europeia foram já informados sobre os detalhes da reunião. O Brexit será um tema principal na cimeira de chefes de Estado e de Executivos europeus da próxima semana.

A Comissão europeia já fez saber a sua posição sobre a saída do Reino Unido ao sublinhar alguns aspetos importantes. O órgão europeu quer uma solução que evite a criação de uma fronteira entre a Irlanda e o Reino Unido e que proteja a economia da ilha e do Mercado Único. 

Esta reunião entre Steve Barclay e Michel Barnier foi uma consequência de uma outra reunião nesta semana sobre o Brexit. Boris Johnson esteve reunido com o primeiro-ministro irlandês na quinta-feira. Ambos salientaram que há um “caminho para um possível acordo”.

Desde 2016 que o Brexit está num impasse político. Após o referendo onde a maioria votou na saída do Reino Unido, já houve várias datas para oficializar a decisão. Agora, o prazo para a saída é 31 de outubro. 

Inês Abrantes

Artigo revisto por Ana Cardoso

Artigos recentes

Um adeus a Luis Sepúlveda

Um mês depois da sua morte devido à covid-19, Luis é ainda relembrado – com uma história de vida incrível, certamente memorável para muitos. Escritor,

Ler mais »

Problemas maiores, Carlos?

Claro que eu não discordo totalmente do ponto fulcral. Há problemas maiores. Haver pessoas a morrer é pior do que eu não ter conseguido celebrar

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *