Capital

Rota das tapas

A oitava edição da famosa Rota das Tapas está de volta a Lisboa até ao dia 23 deste mês e conta com mais restaurantes aderentes e deliciosas tapas. A ESCS Magazine sugere cinco restaurantes (todos perto uns dos outros) que não podem faltar no teu trajeto.
A Rota das Tapas consiste num percurso de restaurantes onde se pode petistar, por três euros, uma tapa única, confecionada especialmente por chefs, acompanhada por uma cerveja Estrella Damn. Para além de Lisboa, há percursos em Braga e no Porto, sendo que, no total, há mais de oitenta petiscos disponíveis para experimentar.

Como primeira paragem, temos o KOPPU – Ramen Concept Food, no Príncipe Real. Este restaurante serve vários tipos de ramen (sopa asiática) mas, para a Rota das Tapas, dispõe de um petisco diferente: o Gua Bao de Pato, que consiste num pão cozido a vapor com peito de frango marinado em legumes e crocante de sésamo. Este espaço abriu este ano e é bastante acolhedor e misterioso.
[cycloneslider id=”rota-das-tapas-1″]

A próxima paragem é no Cachorro à Portuguesa, perto do restaurante anterior. O espaço é muito amplo e a decoração foi pensada ao pormenor: por todo espaço existem lâmpadas penduradas por um fio e o chão está coberto de azulejos. Este espaço também abriu este ano e tem os menus mais originais, criados pelo chef João Sá, como o cachorro de salsicha de beterraba. Aqui, a tapa chama-se Bacalhau com Natas e é uma salsicha de bacalhau com batatas palha e molho caseiro por cima, acompanhado por batatas às rodelas.
[cycloneslider id=”rota-das-tapas-2″]

Seguidamente temos o Bicóprego, na rua perpendicular ao Cachorro à Portuguesa. Trata-se de um local bastante acolhedor e pequeno, dando apenas para vinte pessoas. Aqui, comem-se diversos pregos originais, como o de picanha e vegetariano, todos servidos em pão saloio e batata caseira. A tapa aqui tem o nome de Preguinho: Bolo do caco, vazia açoreana com cebola rocha confitada, bacon grelhado e agrião, acompanhada por batatas fritas e molho.
[cycloneslider id=”96601″]

Andando um bocado e, antes do miradouro de S. Pedro de Alcântara, chegamos ao Pão à Mesa. Abriu em março e pertence ao Grupo Alentejo, sendo o primeiro restaurante deste grupo fora de centros comerciais. É um restaurante bastante elegante, onde se servem pratos nacionais. A tapa é uma empada de leitão e laranja.
[cycloneslider id=”rota-das-tapas-4″]

Depois de andar cerca de cinco minutos a pé até à Rua da Trindade, chegamos ao Chiado Terrasse, última paragem sugerida. Este espaço é conhecido pelos seus crepes e tem uma grande esplanada com vista privilegiada para o centro da cidade. Fica situado num dos edifícios mais emblemáticos do Chiado, reconhecido internacionalmente pela sua fachada de azulejos. A tapa aqui é uma das mais simples mas também das mais saborosas: a Delícia de Frango, que consiste em apetitosos bifinhos de frango, em cama de creme de mostarda e chutney de cebola roxa com sultanas.
[cycloneslider id=”rota-das-tapas-5″]

Todos os restaurantes aderentes têm disponível um mapa/passaporte que pode ser carimbado, quando se saborear a tapa. Ao fim de três carimbos, é possível participar num passatempo cujo prémio consiste numa viagem a Barcelona.

Agora, apressa-te, a Rota das Tapas acaba esta semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *