Steve Seagal banido da Ucrânia

O ator defendeu publicamente a anexação da península ucraniana da Crimeia pela Rússia em 2014

O ator Steven Seagal está proibido de entrar na Ucrânia durante cinco anos. Este episódio acontece na sequência de ter sido considerado uma ameaça à segurança nacional. Tudo por causa dos laços da estrela de ação norte-americana com a Rússia.

Uma carta publicada no site Apostrophe, e confirmada pelo porta-voz dos serviços de segurança ucranianos, afirma a decisão tomada depois de o ator ter adquirido cidadania russa.

Na altura, em comunicado, Putin disse que os dois há muito que tinham conversado sobre o desejo de Seagal de obter a cidadania russa “num ato totalmente despolitizado”.

O ator vai regularmente a Moscovo e defendeu a anexação da península ucraniana da Crimeia pela Rússia em 2014. No ano seguinte foi incluído numa proposta de “lista negra” de personalidades do mundo das artes e do entretenimento que tinham apoiado a anexação que contava com cerca quinhentos nomes.

Artigos recentes

Um adeus a Luis Sepúlveda

Um mês depois da sua morte devido à covid-19, Luis é ainda relembrado – com uma história de vida incrível, certamente memorável para muitos. Escritor,

Ler mais »

Problemas maiores, Carlos?

Claro que eu não discordo totalmente do ponto fulcral. Há problemas maiores. Haver pessoas a morrer é pior do que eu não ter conseguido celebrar

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *