• Capital,  Secções

    From Africa with love

    A Dândi nasceu em Lisboa no ano de 2012 e desde então tem conquistado o eclético mercado da moda da capital e do país, com criações da designer Clara Melo de Carvalho, ao conjugar os modelos europeus com os padrões tipicamente africanos. A loja-ateliê fica na Rua da Boavista, em complemento com a online-store. Lisboa está a conquistar cada vez mais marcas e novos conceitos no mundo da moda, mostrando que o made in Portugal continua a ser sinónimo de qualidade, confiança e exclusividade – a Dândi é um exemplo disso mesmo. Em 2011, os irmãos Clara Melo de Carvalho e Edson Vilhena de Carvalho decidiram abrir a Dândi, uma…

  • Atualidade,  Informação

    Boko Haram mata 18 pessoas no Níger

    O grupo radical islâmico Boko Haram atacou, na noite da passada quarta-feira, dia 25, Wogom, uma localidade perto de Bosso, no sudeste do Níger. Deste ataque resultaram 18 mortos e 11 feridos, segundo informação das autoridades locais. Em declarações à agência France Press, o presidente da Câmara de Bosso, Bako Mamadou, disse que deste ataque resultaram 18 mortos e 11 feridos, tendo havido ainda perto de 100 habitações a ficarem queimadas. “Os atacantes vieram da Nigéria e apenas tiveram de atravessar o rio Komadougou Yobé”, referiu um funcionário de uma organização humanitária. Este rio é uma fronteira natural que se localiza entre o Níger e a Nigéria. Desde 6 de…

  • 7ª Arte

    Selma

    “Selma” chega aos cinemas portugueses com as suas nomeações para os Óscares nas categorias de melhor filme e melhor canção original. O que, à primeira vista, possa parecer um filme sobre Dr. Martin Luther King Jr., acaba por se revelar muito mais que apenas isso. A grande âncora do filme é, de facto, a fantástica representação de David Oyelowo, que consegue transformar a sua voz (e o seu sotaque inglês) na voz de Luther King de tal forma que, cada vez que Oyelowo falava, via nele o homem que muitos conhecemos pelo famoso discurso “I have a dream”. Para além disso, o prémio Nobel da Paz de 1964 – curiosamente…