• Artes Visuais e Performativas,  Secções

    «More more more future»

    A escuridão assola a sala. Há apenas um foco de luz no palco onde os artistas, em roda, fazem soar cânticos entre sons guturais, risos abafados e uma genuinidade tal, que transpõe a plateia para uma noite em que reina a incerteza, não em Lisboa, mas no Congo. Foi assim que Faustin Linyekula, pela iniciativa Artista na Cidade, conquistou a plateia presente no Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, abalando quaisquer estereótipos e barreiras culturais, tornando o mundo ainda mais pequeno. Linyekula, coreógrafo, bailarino e encenador congolês, atuou ao longo deste ano em várias ocasiões em Lisboa, partilhando as relíquias da sua cultura, do seu país e da sua história num…