• 7ª Arte

    Dog Day Afternoon (Um Dia de Cão) (1975)

    Este mês continuo a abordar a carreira de Al Pacino e para tal escolhi um dos filmes que o ajudaram a cimentar a sua posição em Hollywood: Dog Day Afternoon ou Um Dia de Cão na versão portuguesa. Este filme é a prova cinematográfica de que, tal como a Lei de Murphy prevê, “qualquer coisa que possa ocorrer mal, ocorrerá mal, no pior momento possível e da pior forma possível “, sendo que a obra de Sidney Lumet facilmente se estabeleceu como um dos filmes de culto da década de setenta do século passado. O filme baseia-se em factos verídicos e usa como ponto de partida o artigo “The Boys…

  • 7ª Arte

    Serpico (1974): o preço dos valores

    Na nossa sociedade quando nos deparamos com um crime ou uma violação à lei apresentamos queixa à polícia. É esta a noção que nos é incutida desde cedo e vai ao encontro da máxima que rege as unidades de polícia um pouco por todo o mundo: proteger e servir. Mas o que fazer quando é a própria polícia – aqueles que era suposto serem incorruptíveis – que pratica de forma repetida atos ilícitos? É esta dúvida que o filme acerca do qual escrevo este mês levanta. Realizado por Sidney Lumet e contando com Al Pacino como protagonista, Serpico conta-nos a história verídica de um agente da polícia de Nova Iorque…

  • 7ª Arte,  Secções

    “Perfume de Mulher” (1993): entre a cegueira física e a cegueira social

    Apesar de terem como objetivo premiar os melhores dos melhores da indústria cinematográfica, os Óscares da academia parecem por vezes teimar em “fugir” de alguns nomes sonantes do grande ecrã. Um desses exemplos é Al Pacino, um dos nomes mais conhecidos da sétima arte, que apesar de ter sido nomeado para os Óscares oito vezes, só em 1993 alcançou o tão ambicionado (e merecido) galardão. “Perfume de Mulher” foi o filme que lhe permitiu granjear tal reconhecimento e é acerca deste que vou escrever. Realizado por Martin Brest, o filme tem como protagonistas Al Pacino, Chris O’Donnell e o elenco conta ainda com nomes como Philip Seymour Hoffman ou James…