• Atualidade

    Festival de armas depois de massacre em Las Vegas

    Ainda no rescaldo de um dos maiores massacres norte-americanos, eis que os aficionados de armas estão reunidos, desde sexta-feira, em Oaks, na Pensilvânia, EUA, para participar no “Oaks Guntoberfest”. Desde sexta-feira, dia 6 de outubro de 2017, que os amantes de armas estão reunidos, em Oaks, na Pensilvânia, EUA, para participar no “Oaks Guntoberfest”. O evento, considerado um dos maiores da costa leste do país, ocorre apenas uma semana depois de um tiroteio, o pior da história norte-americana, que vitimou 58 pessoas em Las Vegas e feriu outras 500. A maioria dos visitantes, e até das pessoas que organizam o evento, têm uma opinião muito específica relativamente à legislação sobre as…

  • Atualidade,  Informação

    Suspeito de ligações aos atentados de Paris preparava novo ataque

    As autoridades francesas anunciaram esta quinta-feira que Reda Kriket foi formalmente acusado pela procuradoria por estar a preparar um atentado terrorista. Este homem, de nacionalidade francesa, tinha já sido detido em Paris há uma semana devido a suspeita de ligação aos atentados de novembro, na capital francesa, e também aos atentados de Bruxelas, que ocorreram no presente mês de março. Aquando da sua detenção, foi revelado que o homem tinha em sua posse uma “quantidade sem precedentes de armas” e que estava a planear um ato de “extrema violência”. No apartamento que tinha em Argenteuil, a polícia encontrou sete armas de fogo, cinco carabinas, químicos, passaportes falsos, dois computadores que…

  • Atualidade,  Informação

    Deem armas às crianças: projeto lei é aprovado no Iowa

    «Nós não precisamos de uma milícia de crianças» – foi desta forma que uma representante democrata do estado norte-americano do Iowa respondeu à aprovação, esta semana, de um controverso projeto-lei. A ideia passa por permitir que crianças com menos de 14 anos possam ter e usar uma arma de fogo, sob supervisão parental. Aos olhos de alguns europeus pode parecer descabido, mas o projeto-lei foi legitimado pelo congresso do Estado, com 62 votos a favor e 36 contra. Uma medida que surge mesmo depois de ter havido um tiroteio no Kansas, que matou três pessoas e fez outros 14 feridos. É o 43.º desde o início do ano, em todo…