• Opinião

    Dragões e religião

    Que fique já claro para o leitor: não sou uma pessoa religiosa. Sou um homem de ciência e não um homem de fé. Há qualquer coisa nas declarações e nos dogmas da igreja que me causa uma relativa comichão – a ausência da capacidade de testar certas crenças em condições controladas, por exemplo, não é apelativa para uma pessoa dedicada ao método científico. A grande fatia das afirmações religiosas acaba então por cair naquilo que em filosofia dá pelo nome de uma “hipótese infalsificável”. A melhor demonstração desta “falácia” foi feita pelo grande mentor do racionalismo, o falecido Carl Sagan. Parafraseando: Um grande amigo meu diz que tem um dragão…