• 7ª Arte

    “O homem que inventou o Natal” – um cliché reinventado

    Original, divertido e emocionante. “O homem que inventou o Natal” é o filme perfeito para aqueles que gostam de fugir aos típicos clichés de Natal. “O homem que inventou o Natal” é um filme que mostra os bastidores da criação de uma das obras mais fantásticas de sempre. Depois de ter conseguido publicar um livro de grande sucesso, Charles Dickens vê-se com um bloqueio criativo que o impede de escrever. Em 1873, com três livros falhados e uma família por sustentar, o escritor luta por um rasgo de criatividade que lhe traga de novo estabilidade. É então que, num momento de pura genialidade, Charles Dickens encontra a inspiração para as…

  • Literatura

    Um Conto De Natal com uma lição no final

    É ao frio e à neve da cidade de Londres, na véspera do Natal, que todos se preparam para esta noite: as donas de casa ocupam-se alegremente com os seus cozinhados, os homens, ansiosos, não veem a hora de voltar para casa, e as crianças perdem o sono só de pensar nos presentes. Apenas uma pessoa não parece estar feliz com o Natal: o velho Scrooge, um homem de negócios forreta, rezingão e solitário. Ele não percebe a razão de tanta alegria e inquieta-se, apenas, com a folga que terá de dar ao seu funcionário. É uma alma atormentada, tanto por rancores do passado como pelo sentimento de cobiça, que…

  • Literatura

    Desenhador de palavras – Charles Dickens

    A 7 de fevereiro de 1812 ninguém em Portsmouth sabia que acabara de nascer um bebé que ficaria conhecido para a história pelas palavras que viria a escrever. Clássicos como David Copperfield, Oliver Twist e Um Conto de Natal são ainda hoje lidos por pequenos e graúdos. Dickens era o segundo mais velho de oito irmãos. Aos quatro anos, a família mudou-se para o campo, onde, em conjunto com os irmãos, tinha liberdade para explorar os arredores. Seis anos depois, a família Dickens mudou-se para um bairro pobre de Londres. Não tardou até o pai ser preso e fazer com que Charles tivesse de começar a trabalhar. O rancor que…

  • Literatura

    Livro da Semana – Um Conto de Natal

    Aproxima-se aquela altura do ano: a altura de a família se reunir, independentemente de todas as zangas que tenha havido, a altura de as crianças brincarem horas a fio juntas, ansiando pela altura de abrir os presentes — o tempo mais mágico do calendário. É também a altura do frio, da lareira acesa e do chá quente antes de adormecer. Juntando tudo isto, fica-nos apenas a faltar uma coisa: um livro. Um Conto de Natal, de Charles Dickens, é a obra perfeita para devorar neste mês de Dezembro que caminha já para o seu final, mas que ainda tem muito para nos dar. Este livro, escrito em 1843, continua a…