• Opinião,  Secções

    Não destruam os clássicos!

    *Era uma vez uma linda menina conhecida na sua aldeia como Capuchinho Vermelho por causa do seu belo capucho. Certo dia, a avozinha da Capuchinho, que morava do outro lado do bosque, adoeceu. Então, a mãe da Capuchinho pediu-lhe que levasse à avozinha um cesto com um bolo e um pote de mel. – Mas tem cuidado! Não te desvies do teu caminho nem fales com estranhos. Capuchinho assentiu. Pegou no cesto e partiu. Pelo caminho encontrou umas lindas flores e decidiu apanhar algumas para levar à avozinha. Estava Capuchinho distraída a colher flores quando apareceu o Lobo Mau, que a cumprimentou simpaticamente e lhe perguntou onde ia. – Vou…

  • 7ª Arte

    Reinterpretar os Clássicos

    Temos assistido a frequentes remakes e reinterpretações dos contos clássicos que sempre nos conquistaram o coração. Quem nunca se apaixonou pelas melodias dos clássicos da Disney como “Branca de Neve”, “A Bela Adormecida” ou “Cinderella”? Os contos de fadas que todos vimos e revimos por várias vezes em crianças continuam a satisfazer os estúdios de Hollywood com novas produções, como foram os casos de  “Maleficent” , uma reinterpretação que procurou encontrar resposta às atitudes da vilã de “ A Bela Adormecida” interpretada por Angelina Jolie, ou “Oz – O Grande e Poderoso”, ( Colocar link para: http://escsmagazine.escs.ipl.pt/oz-o-grande-e-poderoso/) onde James Franco revela como o incrível feiticeiro chegou ao País da Estrada…