• Opinião,  Secções

    Cinco coisas inúteis que deviam deixar de existir em 2017

    O final do ano de 2016 é um momento para refletir nas nossas escolhas, vitórias, derrotas desistir de certos hábitos, planear novas metas e fracassar miseravelmente em cumpri-las ao longo do próximo ano. Foi a pensar nisso que eu aproveitei a oportunidade para compartilhar convosco algumas reflexões que elaborei nesses últimos dias. A primeira coisa que queria compartilhar era que eu ainda sinto muito medo quando a minha mãe me larga numa fila do caixa com várias compras e some. Eu tenho uma teoria de que as mães fazem isso de propósito só para verem os filhos entrarem em desespero. Uma espécie de vingança por termos destruído as suas respetivas…