• Opinião

    Urbi et obras: Ponto Final

    Não há nada mais antipatriótico do que escrever ou falar mal a língua nativa. No caso da língua portuguesa, para mim, é ainda mais grave. A nossa língua é, muito provavelmente, a maior marca cultural que espalhámos pelo mundo, tendo em conta o número de falantes. Por outro lado, é das poucas coisas que ainda mantemos (embora com alterações) dos tempos mais gloriosos da pátria. Qualquer pessoa pode dar um erro. É, também, perfeitamente normal que pessoas sem formação dêem alguns erros. Estranho é ver pessoas dar erros e ficarem ofendidas quando são corrigidas. Normalmente, dizem coisas como “Percebeste, não percebeste? Então, pronto”. Não é uma questão de se perceber…