• Literatura

    Livro da semana: “Desaparecidas”, de Tess Gerritsen

    “Suspense”: É a palavra de ordem neste livro. Desde o grupo de raparigas que pensa conseguir uma vida melhor na América, ao cadáver que abre os olhos na arca frigorífica da morgue e que irá depois matar um segurança e fazer vários reféns na sala de espera de um hospital (incluindo a detective Jane Rizzoli, prestes a dar à luz!), até à investigação que decorre no exterior, lemos a maior parte do livro a suster a respiração e em constante expectativa. A história é contada exactamente nestes três planos, o que nos permite ter uma visão muito próxima dos acontecimentos e conhecer as perspectivas de diferentes personagens – sempre com…